50 elementos e mecânicas de gamificação
Você está em Home Blog 50 elementos e mecânicas de gamificação

Algumas semanas atrás postei um texto chamado “Definindo Gamificação“, onde expliquei o que é e onde podemos aplicar gamificação em projetos digitais como sites, aplicativos etc. No texto de hoje, vamos nos aprofundar no assunto e conhecer 50 elementos e mecânicas para tornar a experiência de jogo dentro de nossas plataforma mais ricas, completas e interativas.

Abaixo está uma lista com vários elementos e mecânicas que abrangem diferentes “tipos de usuário” e contextos que podem engrandecer seus designs de gamificação. Estas não são todas as formas que existem, mas são as principais e as mais familiares.

Quando as pessoas investem tempo, esforço, emoções ou dinheiro, elas irão valorizar ainda mais os resultados.

1 – Integração/Tutoriais
Ninguém mais usa manuais! Ajude os usuários a se acostumarem com seu sistema através de um belo tutorial e uma gentil introdução sobre como tudo funciona.

2 – Sinalização
Às vezes, mesmo as melhores pessoas precisam que apontemos a direção correta. Sinalize as próximas ações para ajudar a suavizar os primeiros estágios de uma jornada. Use sugestões na hora exata para ajudar usuários que estão estagnados.

3 – Aversão a perdas
Ninguém gosta de perder as coisas. Medo de perder status, amigos, pontos, conquistas, posses, progresso e etc. pode ser uma poderosa motivação para induzir alguém a fazer alguma coisa.

4 – Progresso / Feedback
Progresso e feedback vêm em muitas formas e têm muitas mecânicas disponíveis. Todos os tipos de usuário precisam de algum tipo de medida de progresso ou feedback, mas algumas funcionam melhores do que outras.

5 – Tema
Dê à sua gamificação um tema, normalmente ligado com uma narrativa.Pode ser de qualquer coisa, de valores de uma empresa à lobisomens. Adicione um pouco de fantasia e se certifique de que fará sentido para os usuários.

6 – Narrativa / História
Conte sua história e deixe que as pessoas contem as delas. Use a gamificação para fortalecer a compreensão da sua história, envolvendo os usuários. Pense como um escritor!

7 – Curiosidade / Caixa de mistério
A curiosidade é uma grande força. Nem tudo precisa ser completamente explicado, e um pouco de mistério pode encorajar a seguir novas direções. Pressão de tempo Reduzir a quantidade de tempo de resolução nos condiciona a focar no problema. Também pode conduzir a diferentes decisões.

8 – Escassez
Tornar alguma coisa rara faz com que ela seja mais desejável.

9 – Estratégia
Faça com que pensem sobre o que estão fazendo, por que estão fazendo e como isso pode afetar os resultados do jogo.

10 – Fluxo
Perceber corretamente os níveis de habilidade e desafio podem conduzir ao estado de Fluxo (Flow). Equilíbrio é a chave.

11 – Consequências
Se o usuário não entender corretamente, quais são as consequências? Eles perdem uma vida, pontos ou itens que conquistaram?

12 – Investimento
Quando as pessoas investem tempo, esforço, emoções ou dinheiro, elas irão valorizar ainda mais os resultados.

13 – Recompensas aleatórias
Surpreenda e alegre os usuários com recompensas inesperadas. Mantenha-os sempre alertas e talvez até os faça sorrir.

14 – Agenda de recompensa fixa
Recompensas baseadas em ações e eventos definidos. Primeira atividade, subida de level, progressão. Também é útil durante a integração e eventos de celebração de marcos históricos.

15 – Benefícios dependentes de tempo
Eventos que acontecem em momentos específicos (aniversários, etc) ou só estão disponíveis por determinado período de tempo (por exemplo: “volte todos os dias para ganhar uma recompensa”). Os usuários devem estar lá para ser beneficiados.

16 – Associações / Times
Deixe que as pessoas construam associações ou times. Pequenos grupos podem ser muito mais eficazes do que os muito grandes e abrangentes. Crie plataformas de colaboração, mas também pavimente o caminho para competições em grupo.

17 – Rede social
Permita que os usuários se conectem e socializem através de uma rede acessível e fácil de usar. Pode ser mais divertido jogar com outras pessoas do que jogar sozinho.

18 – Descoberta social
Uma maneira de encontrar e ser encontrado é essencial para construir novas relações. Combinar pessoas com base em interesses e status pode ajudá-las a começar.

19 – Pressão Social
Normalmente, ninguém gosta de sentir que é o esquisito que fica de fora. Num ambiente social, isso pode ser usado para encorajar os usuários a desenvolverem amizades. (Pode desmotivá-los se as expectativas não forem realistas.)

20 – Competição
Competição dá aos usuários a chance de se afirmarem uns contra os outros. Pode ser um meio de ganhar recompensas, mas também pode ser um lugar onde novas amizades e relações nascem.

21 – Exploração
Dê ao seus “espíritos livres” espaço para se moverem e explorarem. Se você está criando mundo virtuais, considere que eles quererão conhecer os limites e dê a eles algo para encontrar

22 – Escolhas ramificadas
Deixe o usuário escolher seu caminho e destino, de múltiplos caminhos de aprendizagem a narrativas responsivas. Lembre-se, a escolha deve ser ou ao menos parecer significativa para ser mais eficaz e apreciada.

23 – Easter Eggs
Easter eggs são uma forma divertida de recompensar e surpreender as pessoas apenas por estarem atentas ao que está em volta. Para alguns, quanto mais difícil de encontrar, mais divertido é!

24 – Desbloqueáveis / Conteúdo raro
Incremente o sentimento de autoexpressão e valor ao oferecer conteúdo raro e desbloqueável para os “free spirits” usarem. Junte isso aos Easter Eggs, explorações e conquistas.

25 – Ferramentas de criatividade
Permita que os usuários se expressem e criem seus próprios conteúdos. Isso pode ser para ganho pessoal, por prazer ou para ajudar outras pessoas (materiais de ensino, níveis, ferramentas, FAQ, etc).

26 – Customização
Dê aos usuários ferramentas para customizar sua experiência. De avatares à ambientação, deixe que eles se expressem e escolham como irão se apresentar diante dos outros.

27 – Desafios
Desafios ajudam a manter o interesse, testando o conhecimento e permitindo a aplicação deste. Superar desafios faz com que nos sintamos merecedores de nossas conquistas.

28 – Certificados
Diferente de recompensas gerais e troféus, certificados são um símbolo físico de maestria e conquista. Eles carregam significado, status e utilidade.

29 – Aprendizado/ Novas Habilidades
Que melhor maneira há de alcançar maestria do que aprender algo novo? Dê aos seus usuários a oportunidade de aprender e expandir.

30 – Jornadas
Jornadas dão aos usuários uma meta fixa a ser alcançada.São comumente feita de uma série de desafios linkados, multiplicando a sensação de conquista.

31 – Níveis / Progressão
Níveis e objetivos ajudam a mapear a progressão dos usuários através de um sistema. Pode ser tão importante ver onde ir em seguida quanto ver onde você já esteve.

32 – Batalhas de chefes (Boss Battles)
Batalhas de chefe são uma chance de consolidar tudo o que você aprendeu e dominou em um desafio épico. Usualmente, demarcam o final de uma jornada – e o princípio de uma nova.

33 – Significado / Propósito
Alguns somente precisam entender o significado ou o propósito do que estão fazendo (épico ou outro). Outros precisam sentir que são parte de algo maior do que eles mesmos.

34 – Cuidador
Cuidar de outras pessoas pode ser muito satisfatório. Crie papéis para administradores, moderadores, curadores, etc. Permita que os usuários assumam um papel parental.

35 – Acesso
Acesso a mais características e habilidades num sistema pode dar às pessoas mais formas de ajudar os outros e contribuir. Também pode fazer com que se sintam valorizados. Mais significativo se conquistado.

36 – Coletar & Trocar
Muitas pessoas amam colecionar coisas. Dê aos usuários uma forma de coletar e trocar itens em seu sistema. Ajuda a construir relações e sentimentos de propósito e valor.

37 – Presentear / Compartilhar
Permita o ato de presentear e compartilhar itens que ajudem os outros a conquistarem seus objetivos. Enquanto forma de altruísmo, o potencial por reciprocidade pode ser um forte motivador.

38 – Compartilhando conhecimento
Para alguns, ajudar as pessoas a compartilhar conhecimento é a própria recompensa. Desenvolva esta habilidade para que as pessoas possam perguntar e ensinar às outras.

39 – Plataforma de inovação
Disruptores pensam fora da caixa e fronteiras de seu sistema. Dê a eles uma forma de canalizar isso e você poderá gerar grandiosas inovações.

40 – Votar / Voz
Dê aos usuários uma voz e deixe que saibam que ela é ouvida. A mudança é muito mais fácil se todos estão na mesma página.

41 – Ferramentas de desenvolvimento
Pense em modificações em vez de hackear e invadir. Deixe que eles desenvolvam novos extras para aprimorar o sistema.

42 – Anonimato
Se você quer encorajar total liberdade e desinibição, permita que os usuários permaneçam anônimos. Seja muito, muito cuidadoso, uma
vez que o anonimato pode trazer à tona o pior nas pessoas!

43 – Abordagem leve
Mesmo que devam existir regras, se você estiver encorajando a disrupção, aplique-as com uma abordagem leve. Veja como as coisas se
desenrolam antes de pular de cabeça. Mantenha o olhar atento e ouça o feedback dos usuários.

44 – Anarquia
Às vezes você só tem que destruir tudo para começar de novo. Relaxe, jogue fora o livro das regras e veja o que acontece! Considere rodar um
pequeno evento de isenção de regras.

45 – Pontos / Pontos de experiência (XP)
Pontos e XP são mecânicas de feedback: Podem rastrear progresso e também podem ser usados como uma maneira de desbloquear coisas novas. Recompensa baseada em conquista ou comportamento desejado.

46 – Recompensas físicas/Prêmios
Recompensas físicas e prêmios podem promover grande atividade e, quando usadas bem, podem gerar engajamento. Tome cuidado para não promover quantidade em vez de qualidade.

47 – Classificação dos melhores (Leaderboards)
Leaderboards podem vir de diferentes formas, sendo mais comuns as relativas e absolutas. São usados para mostrar aos usuários como eles se comparam aos outros e para que outros os vejam – não é para todos.

48 – Distintivos / Conquistas
Distintivos e conquistas são uma forma de feedback. Premie os usuários com eles por suas conquistas. Use-os sabiamente e de uma forma significativa para que sejam mais apreciados.

49 – Economia virtual
Crie uma economia virtual e permita que os usuários gastem sua moeda virtual em bens virtuais. Veja as legalidades desse tipo de sistema e considere os custos financeiros a longo prazo!

50 – Loteria / Jogo de chances
Loterias e jogos de chances são uma forma de ganhar recompensas com pouquíssimo esforço da parte do usuário. Porém, deve-se estar dentro para ganhar!.

Obrigado Alana Freitas pela tradução do texto

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento