Desenvolvendo meu primeiro jogo: Lúcia Acredita em Gnomos

Publicado em 24/10/2020

Poucas pessoas sabem, mas minha formação é em analise de sistemas com ênfase em jogos digitais. Nos últimos anos, todo o meu trabalho tem sido focado apenas em projetos estritamente comerciais, então nos últimos meses me dediquei a criar um projeto que faça sentido com o curso superior que me formei: o desenvolvimento de jogos.

Eu já apliquei em diversos projetos elementos de gamificação, mas nunca havia me debruçado sobre um desafio de um projeto que é essencialmente um jogo. A plataforma escolhida foi um app para smartphones, e durante o processo de pesquisa e design cheguei a resultados interessantes, que me fizeram refletir sobre a dinâmica e mecânicas envolvidas em aplicações desse tipo.

Apresentando  o conceito de jogo Lúcia Acredita em Gnomos:

O jogo ainda está em desenvolvimento, e aqui vou apenas apresentar o conceito dele. A previsão de conclusão é o primeiro semestre de 2021 para as plataformas Android e IOS. As ilustrações são de Chia Américo, logo da Mangu Brand e todo o design, programação e até mesmo a trilha sonora é feita por mim. O objetivo do projeto é eu implementar mecânicas de jogo no formato demonstrativo, para que outras marcas ou empresas possam conhecer as possibilidades de desenvolvimento desse tipo de produto. Parte da expertise que aplico no projeto foram obtidas em projetos anteriores como o MagicTree e o KidsRock, ambas focados no ensino de idiomas para crianças.

Por essa razão o jogo não tem um aprofundamento na questão de roteiro, por que a ênfase é uma demonstração técnica.

A principio estou desenvolvendo dois tipo de mecânica: jogo da memória e uma espécie de “encontre o Wally” onde o usuário terá que encontrar no cenário os gnomos escondidos.

As inspirações para os personagens vieram do trabalho do Will Huygen Rien que é famoso internacionalmente pelas histórias e ilustrações com essa temática. O talento do ilustrador Chia Américo proporcionou uma estética muito interessante ao resultado artístico final com a essência mágica que o tema se propõe. Veja abaixo alguns materiais de Wil Huygen Rien:

Algumas das ilustrações de Chia Américo para o projeto do Lúcia Acredita em Gnomos:

Em outra oportunidade eu vou descrever melhor os personagens e seus significados.

Outro ponto que fiquei bastante satisfeito durante o desenvolvimento, foi o estudo e composição da trilha sonora. Durante minha adolescência tive uma vivência musical muito grande, e recuperei parte disso durante o processo criativo da composição da trilha sonora e dos efeitos sonoros que o jogo terá:

Algumas das trilhas podem ser conferidas abaixo:

Como eu disse anteriormente, as mecânicas iniciais seriam jogo da memória e uma especie de “encontre o Wally”, porém durante o processo de arquitetura e pesquisa do projeto, acabei conhecendo o trabalho da design Cas Homan, uma das mais premiadas designers de brinquedos infantis da atualidade. A abordagem dela sobre como os brinquedos ou produtos para crianças devem ser faz muito sentido para mim, onde segundo ela, as crianças quando estão brincando ou jogando, não devem ser influenciadas a acreditarem que exista uma resposta certa ou errada, e sim que elas devem estar livres para buscarem soluções criativas em prol de uma resposta ou simplesmente diversão:

Com base nisso, pretendo mudar as mecânicas para que o usuário não tenha necessariamente uma resposta correta em cada desafio, mas que ele possa ser livre para explorar possibilidades e usar a criatividade para montar a própria história dentro do jogo.

A estimativa é que o jogo esteja pronto no primeiro semestre de 2021.

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento