GoDaddy: Por que eu desisti e não a recomendo mais (2020)

Publicado em 16/08/2020

Você está em Home Blog, Hospedagens, Mercado, Servidores

Quando eu comecei a trabalhar com desenvolvimento web por meados de 2013, uma das primeiras coisas a se aprender é como contratar e administrar um servidor ou uma hospedagem web. Naquela época optei pelos serviços da Locaweb, afinal, uma empresa brasileira, conhecida e com várias propagandas espalhadas pela internet, deveria ser uma boa empresa, certo? Errado! Com o tempo acabei descobrindo que a Locaweb era uma das piores empresas para ter um servidor: lentidão, quedas constantes, painel de administração geralmente com problemas, e o suporte lamentável.

Foi nessa época que conheci a GoDaddy, uma empresa americana que havia acabado de abrir escritório no Brasil, e com uma modalidade de servidor até então inédita por aqui: os servidores VPS. Os servidores VPS não são servidores compartilhados como a maioria das hospedagens vende, é um servidor que podemos chamar de “semi dedicado”. Os VPS da GoDaddy são locados em São Francisco (EUA), e tinham um ótimo custo benefício quando eu contratei o meu primeiro em 2015. O suporte da GoDaddy era excepcional, 24 horas por dia e com um bom nível técnico, mas apesar disso, eu quase não o usava, afinal, os serviços eram estáveis e eu tinha total controle sobre o meu servidor, tanto que entre 2015 e 2020, cheguei a ter quase 4 VPS com a empresa, e mais de 90 aplicações web hospedadas com eles.

Outra vantagem do VPS em relação a uma hospedagem comum, é que no VPS temos controle total do servidor, para ajustes de memória, instalação de módulos etc. Para usuários avançados, é literalmente ter acesso “root” a todo servidor, onde posso controlar e monitorar tudo o que acontece nas aplicações que coloco lá dentro.

E foi a partir dai, que as coisas começaram a sair do mínimo aceitável…

Em 2019, um dos meus VPS tinha contratados 60GB de espaço em disco, e um dia tive um salto de 38GB usados para 59GB usados. A principio imaginei que alguma das minhas aplicações estava com algum problema ou teve algum pico de acesso, afinal, 20GB de um dia para o outro não é normal. Mas para a minha surpresa, monitorando meu servidor, somando o sistema operacional e todas as minhas aplicações, o servidor me mostrava que eu estava usando apenas 38GB, então não fazia sentido o meu HD estar com 59GB usados. O caminho obvio foi acionar o suporte da GoDaddy para eles verificarem esse erro, e então tive o primeiro susto, o suporte que antes era 24 horas, agora era das 08h00 da manhã até as 19hoo da noite. Achei frustrante, mas ok, por hora eu queria resolver o problema do meu HD do servidor. Quando finalmente fui atendido outro susto, o atendente me disse que não poderia me ajudar por que ele era apenas um analista nível 1, que não tem conhecimento técnico, ele iria então acionar um suporte avançado nos EUA para que ele então pudesse me ajudar, mas eu não iria falar diretamente com ele, o analista nível 1 seria a ponte entre eu e quem realmente iria resolver o problema.

Foram quase 30 minutos apenas para o “analista avançado” entrasse na conversa, e quando ele entrou, ele me disse que para o “painel dele” eu estava usando os 59GB mesmo. Então o perguntei como isso era possível, já que por ser um VPS, e eu ter acesso total a ele, e o mesmo servidor me dizia que eu estava usando apenas 38GB, como ou aonde estão esses 20GB? E ai veio a resposta mais inacreditável possível: ele me disse que ele tinha um acesso privilegiado a qual eu não tinha. Mas espera, se é um servidor VPS onde eu tenho acesso total, como existe um acesso e informações a qual eu não tenho permissão de visualizar? A impressão que me deu é que meu HD foi na verdade reduzido em 20GB, e ai o meu percentual de uso foi para 98%, mas como a informação de contratação diz que eu tenho 60GB, esses 20GB na verdade é um “falso positivo’. Mas ninguém do suporte conseguiu (ou quis) resolver meu problema. Como eu já havia perdido muito tempo com isso, tive que engolir e deixar para resolver isso mais tarde, até por que, todas as aplicações estavam funcionando, vida que segue, apesar na minha profunda insatisfação.

Mas em 2020 foi a gota d’água:

O meu VPS tem uma latência de 5000 e-mails por dia, ou seja, eu posso disparar até 5000 e-mails por dia. Mas um belo dia, todas as minhas aplicações pararam de enviar e-mails. Logo imaginei que eu havia chegado ao meu limite de 5000 e-mails por dia, mas quando acessei meu servidor, estava com 0/5000 envios (o que fazia bastante sentido já que era 09 horas da manhã).

Ao tentar acionar o suporte (já que eram 09h então o suporte estava disponível desde as 08h), tive que esperar até por volta das 10h30, por que segundo o pessoal que atendia aqui no Brasil, tínhamos que esperar o horário de atendimento do suporte avançado dos EUA (por causa do fuso horário). Quando finalmente alguém do suporte avançado atendeu ele respondeu que meu VPS tinha atingido os 5000 envios sim, e que eram SPAMs, dai eu deveria resolver esse problema, aguardar 24 horas que meu VPS seria liberado automaticamente para envios de e-mails normalmente.

Achei a resposta muito estranha, mas poderia ser verdade não é mesmo? Verifiquei todas as minhas aplicações web e nenhuma estava com problemas de segurança ou SPAM, e como precisava que os e-mails voltassem a funcionar o mais rápido possível (já que até essa altura meus clientes estavam o dia todo sem e-mail), eu resolvi desligar todo o servidor da rede, já que se era mesmo SPAM, depois das 24 horas com ele offline, tudo voltaria ao normal.

Passadas não só 24 horas, mas quase 48horas, os e-mails não voltaram. Verifiquei o log do servidor VPS e eu estava a quase 3 dias sem enviar qualquer tipo de e-mail (o primeiro dia, por que estava bloqueado, e outros dois, por que eu desliguei o servidor da rede). Logo voltei ao suporte cobrar uma resolução.

Depois de horas aguardando o suporte avançado, o analista primeiro disse que eu tinha atingido a minha cota de 5000 diária. Quando eu o informei que o servidor estava a 3 dias desligado, e que no log do servidor era possível ver que não havia sido enviado qualquer e-mail, ele então me disse a mesma coisa de quase 1 anos atrás: que ele tinha um painel especifico a qual eu não tinha acesso que mostrava que eu estava enviando 5000 e-mails por dia.

Fiquei revoltado, mas uma vez um servidor a qual eu deveria ter total acesso, estava apresentando problemas que não deveriam ocorrer e com um suposto painel com detalhes que eu não poderia ver. O que mais me confirmou que essa informação era uma forma da GoDaddy apenas se livrar do problema sem uma resolução, foi que quando perguntei “tá, se eu estou disparando esses e-mails, me fala o nome do domínio que está enviando esses e-mails?” (afinal, se eu enviei 5000 e-mails por dia, existe o log de quem domínio que é), e novamente uma resposta evasiva: “não temos como visualizar essa informação, por que como é um servidor VPS, você é o responsável pela administração do mesmo”… Oi? Espera ai, o meu servidor diz que eu não enviei nenhum e-mails nos últimos 3 dias, dai vocês me falam que apesar disso, eu disparei sim 5000 e-mails, mas quando eu pergunto “tá, me informem ai então qual e-mails de onde etc”, dai eu preciso olhar no servidor? (o que mesmo que fiz que eu não enviei nenhum email?)

Com esse episódio resolvi sair da GoDaddy, fora que o custo benefício parou de valer a pena, já que quando eu contratei era R$ 139 por mês para casa VPS, em Agosto de 2020 a mesma configuração não sai por menos de R$ 229, com o suporte que não é 24 horas e ainda não resolve nada, e um VPS que deveria ser gerenciado por mim que se mostrou ser falso e quase uma mentira.

Tive um enorme prejuízo tendo que migrar minhas aplicações para outra empresa, um enorme transtorno com meus clientes que ficaram por dias com e-mails e sites fora do ar, inclusive perdi alguns deles pelo stress da situação.

Acredito que quando a GoDaddy começou a atuar no Brasil, por ter uma base pequena de clientes ela conseguia entregar um bom padrão de qualidade e atendimento, mas conforme essa base foi crescendo, ela para conseguir atender todo mundo, teve que diminuir essa qualidade e recursos para conseguir manter tudo no ar, mas infelizmente comprometeu a infraestrutura a ponto de se tornar inviável sustentar projetos profissionais nos servidores dessa empresa.

Por esse meu relato, é que abandonei a GoDaddy e não a recomendo para ninguém. Tirei 90 projetos de clientes dela e migrei para outra empresa. Se você está pensando em contratar ou usa os serviços da GoDaddy, considere seriamente se pretende continuar, por que a qualquer momento poderá ser prejudicado pelas más práticas e negligência que GoDaddy Brasil infelizmente padronizou em seus serviços.

 

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento