MagicTree: plataforma interativa para ensino de idiomas
Você está em Home Aplicativos, EAD, HTML5, Mobile, Portfolio, Software MagicTree: plataforma interativa para ensino de idiomas

Alt Idiomas. Desenvolvendo a comunicação de mais de 13 mil alunos ao longo de 21 anos de engajamento, dinamismo, flexibilidade e verdadeira paixão pelo ensino de idiomas no Instituto, em colégios, em empresas e online.

As salas e aula do Instituto ALT Idiomas simulam uma sala de reunião de negócios, por vezes, uma mesa de restaurante, uma mesa de happy-hour, um tabuleiro de jogos ou qualquer outro ambiente oriundo da brilhante criatividade do professor da ALT. Tudo para despertar no aluno o interesse em contribuir ativamente na aula.

Cursos de inglês para crianças a partir dos 3 anos

Com temas adequados e de altíssimo interesse das crianças desta faixa etária, os cursos Tots e o Kids despertam o interesse pela aprendizagem, com aulas dinâmicas, muitos jogos, competições, música, filmes, desenhos e outros recursos, a partir dos quais o aluno se diverte e aprende. O objetivo é, primeiramente, conquistar o máximo de sua atenção, garantindo seu aproveitamento, desenvolvendo autoconfiança e fluência.

O Cenário

Utilizando toda expertise que a Alt Idiomas possui, foi criado o selo Editora Baltimore, que publica livros de ensino de idiomas para todas as idades. Um dos principais produtos desse selo é a coleção de livros MagicTree, que de forma leve e didática apresenta a alunos de 3 a 8 anos de idade a língua inglesa. Trata-se de um material muito útil para que professores e pais possam instruir ou acompanhar essa experiência com alunos e filhos:

O problema

Existem diversos meios interativos que podemos explorar para apresentar um conteúdo mais atrativo para crianças: imagens, vídeos e, principalmente, jogos. Entretanto, quando pensamos em unir isso a uma plataforma digital voltada ao ensino de uma nova língua, alguns desafios se apresentam, já que é necessário unir esse poder de interatividade a uma trilha pedagógica organizada e que seja usual para que as crianças possam aprender brincando, seja na sala de aula da Alta Idiomas, seja em casa, através de um computador ou dispositivo móvel.

Pensando no problema exposto acima, como seria possível transformar o conteúdo da coleção de livros MagicTree em uma plataforma digital interativa para aumentar exponencialmente o engajamento e desempenho dos alunos da Alt Idiomas?

A solução

Para resolver esse problema, fui convidado pela Mangu Brand a desenvolver junto com eles uma plataforma digital completa web e mobile com um alto poder de interatividade e portabilidade. Isso para que todo o conteúdo do MagicTree fosse digitalizado e expandido com o acréscimo de jogos e recursos para além do aluno: o professor tem acesso a ferramentas adicionais tanto para exposição do conteúdo, como para interagir com outros professores de idiomas que usam a plataforma. É possível enviar atividades extras e favoritar as lições que o mesmo achar mais interessante.

Para ser uma plataforma com alto grau de portabilidade (ou seja, disponível nas mais variadas telas: desktop, smartphones, tablets), a decisão sobre usar o poder do HTML5 e JavaScript foi quase inevitável. Com o talento de design que a ManguBrand possuía, o resultado final não poderia ter ficado melhor e ter ido de encontro a todas as necessidades e expectativas do cliente.

Além das versões para Desktop (web), Tablet e Smartphones, trabalhamos em uma versão offline em modelo de software, que pode ser instalada diretamente no computador do usuário. Isso permite o uso da plataforma MagicTree em qualquer escola de idiomas que queira usar a aplicação localmente.

Outra vantagem do MagicTree é que, mesmo sendo uma plataforma interativa com imagens, músicas, vídeos e jogos, tivemos o cuidado de deixá-la leve e robusta, afinal, velocidade e fluidez são fundamentais nesse tipo de aplicação pedagógica, em que nada pode interromper a experiência de aprendizado dos alunos.

Apresentando a Plataforma interativa MagicTree

Por ser uma plataforma interativa, pensamos em quais seriam as melhores soluções no quesito de facilidade de uso. Optamos por uma navegação no modo retrato, já que a maioria do recursos pode ser utilizada com apenas um dedo. O formato paisagem corresponde a uma melhor experiência apenas quando queremos que o usuário use dois dedos:

Exemplo ilustrado na imagem acima, o que reflete a nossa escolha pelo formato retrato, em que o usuário consome o conteúdo com apenas um dedo.

Já na imagem acima, vemos quando o uso no formato paisagem é recomendado: quando o usuário precisa usar dois dedos para interagir com o conteúdo. É claro que nossa decisão técnica em usar o formato retrato teve mais variáveis que pesaram nessa escolha, mas o fator experiência do usuário sempre tem um peso maior em relação a outros.

No vídeo abaixo uma demonstração dessa tendência: o jogo Mario Kart Mobile da Nintendo, que será lançado no segundo semestre de 2019 foi desenvolvido pensando na melhor experiência possível de jogo do usuário, utilizando apenas um dos dedos para controle dos personagens:

Outras funcionalidades da Plataforma

Versão web para browsers

Perfil Professor

Esse texto foi revisado por Lígia Menezes da Mandala Conteúdos

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento