Rotina diária de um freelancer

Rotina diária de um freelancer
Você está em Home Blog Rotina diária de um freelancer

A alguns meses atrás publiquei aqui em meu site um texto de Benjamin Hardy sobre como iniciar o dia entre 5 e 7 da manhã (https://www.diogenesjunior.com.br/voce-cria-ou-quebra-sua-vida-entre-5-e-7-da-manha/). Nessa época eu estava bastante empolgado com essa nova rotina, já que eu havia acabado de me mudar, e estava conseguindo acordar cedo todos os dias, então, acordar mais cedo e adotar esses novos hábitos.

Bom, alguns meses depois, tive que reorganizar toda essa rotina, e nesse texto vou mostrar o por que:

Motivo 1: rotinas de outras pessoas não servem para mim

Nos primeiros dias, parecia que tudo caminhava bem, acordar as 05h30, tomava banho, café e começava a escrever textos, ler livros por mais ou menos duas horas, para só ai começar a trabalhar. Mas essas primeiras horas do dia fazendo algo de que gosto e tenho motivações extras para faze-las, ao final dessas horas, eu acabava ficando muito empolgado e tinha dificuldades da transição desses assuntos particulares para as tarefas do trabalho, e as vezes, apenas as 10h começa realmente a trabalhar nos projetos dos clientes. As 11h00 ia para o treino, e pouco depois de uma hora já era a hora do almoço. As 13h00 voltava ao trabalho e para compensar, prometia para mim mesmo trabalhar até 20h00, 22h00, mas a verdade é que pouco depois das 18h00, 19h00 o cansaço mental do dia acabava derrubando totalmente minha performance para o design ou programação.

Resumindo, definitivamente a nova rotina não estava funcionando, além de menos horas de trabalho, treinar no horário das 11h da manhã era quase como um castigo por causa do sol do nosso querido país tropical. A rotina de outras pessoas, podem parecer bonitas e super promissoras, mas cada pessoa é uma pessoa, e cada um tem seu próprio ritmo, e eu descobri isso percebendo que a incrível rotina do Benjamin Hardy não servia para mim.

Motivo 2: a rotina certa, é aquela que eu consigo cumprir, e cumprir de uma maneira confortável

Para consertar essa rotina fundamental para por ordem ao caos do dia a dia, decidi não procurar rotinas escritas por outras pessoas, e sim, ver o que seria mais confortável e possível para eu fazer. Como nas primeiras horas do dia, são as horas em que mais estou com a mente ativa, logo após do café as 05h30, iniciava as primeiras horas de trabalho do dia entre 06h00 e finalizava essa primeira etapa as 08h00. Pode parece pouco, mas essas duas horas logo cedo tinham uma performance incrível, e ai as 08h00 o treino com o clima bem mais ameno garantia também um aproveitamento melhor. Entre as 09h até as 10h deixo livre para tarefas da casa gerais, e ai mais duas horas de trabalho até o almoço meio dia. Até esse ponto, minha performance e aproveitamento estão excelentes. No geral, ela ficou assim:

05h30 Acordar e café

06h00 Trabalho

08h00 Treino

09h00 Livre

10h00 Trabalho

12h00 Almoço

13h00 Descanço

14h00 Trabalho

18h00 Meditação

19h00 Jantar

20h30 Livre/Estudos/Escrever

23h00 Dormir

Destaque vai para o horário das 13h00, onde reservei para descansar: uma mente descansada produz muito melhor, do que uma mente cansada em várias horas seguidas. Essa rotina que desenvolvi foi funcional, confortável, e o principal: possível de ser feita.

Qualquer pessoa que trabalhe por conta ou em home office, precisa encontrar uma rotina que faça sentido. Ler textos de outras pessoas sobre o assunto (como esse texto) pode servir como base, mas cada pessoa tem seu próprio ritmo: alguns conseguem acordar cedo, outros rendem mais nas madrugadas, mas o que não podemos é nos cobrar ou culpar pelas as vezes que as coisas não saem como planejado, e está tudo bem, sempre teremos o dia seguinte para tentar novamente.

Toda pessoa tem 24 horas por dia.

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento